O Turismo constitui-se como importante elo da cadeia econômica da Região Funcional 3 de planejamento do Estado do Rio Grande do Sul, integrando três Conselhos Regionais de Desenvolvimento que representam 49 municípios e uma população de pouco menos de 10% da população gaúcha.

A Região das Hortênsias e da Uva e Vinho constituem duas dentre as quatro regiões de turismo do Estado do Rio Grande do Sul, concentrando elevado volume de negócios, empregos e rendas em atividades que envolvem Parques naturais, Turismo de negócios e eventos, Parques temáticos, Agroturismo e turismo rural, Ecoturismo, Turismo cultural – Cidades históricas turísticas, Turismo de aventura, Turismo de Saúde e Turismo de estudos e intercâmbio.

A integração das regiões de Turismo da Serra gaúcha é existente, especialmente nos eixos Gramado/Canela e Bento Gonçalves.

Este pré-projeto tem por objetivo sensibilizar o Governo no sentido de promover a integração de quatro regiões de turismo, quais sejam, a Região dos Parques Nacionais e Cânions, a Região das Águas Termais, a Região da Uva e Vinho e a Região das Hortências. Tal integração baseia-se em dois eixos: o eixo da conexão rodoviária e o eixo da promoção conjunta dos produtos turísticos existentes na Serra do Rio Grande do Sul.

Players emissores nacionais e internacionais terão oportunidade de comercializar a Serra Gaúcha de forma integrada, ampliando a carteira de produtos oferecida aos clientes, para possibilitar mais opções de escolha das atividades turísticas numa única viagem.

A partir da execução das intervenções mencionadas, espera-se potencializar a Região estimulando novos empreendimentos, criando empregos e rendas e, acima de tudo, criando oportunidades para cidades com potencial turístico se fortalecerem melhorando a qualidade de vida de seus cidadãos.

 


O documento completo está disponível para acesso abaixo.




COMPARTILHE:

COREDE SERRA
Apoiadores


UCS Governo Fórum Amesne CIC Parlamento